O Processo Terapêutico

O Processo Terapêutico é o nome que se dá ao empreendimento terapêutico entre paciente e terapeuta. Geralmente na primeira consulta estabelecem-se objectivos principais e áreas de foco, o que não quer dizer que não se possam alterar futuramente. Num período semanal, paciente e terapeuta reúnem-se e discutem os assuntos e temas que consideram importantes e relevantes.

O Processo Terapêutico não é um processo particularmente linear, com um estádio levando sequencialmente ao seguinte. Um Processo Terapêutico dito “normal” até pode muitas vezes fluir entre vários estádios e assuntos.

Quais é que são as áreas possíveis de progresso ou que objectivos se podem definir num processo terapêutico?

Em baixo está uma lista de potenciais benefícios num processo terapêutico:

  • melhorar a qualidade dos relacionamentos da pessoa;

  • desenvolver um sentido estável de si mesmo(a)/identidade;

  • desenvolver a capacidade de observar os próprios comportamentos, sentimentos e pensamentos;

  • desenvolver a capacidade de conceptualizar mais precisamente a experiência emocional dos outros;

  • desenvolver a consciência dos conflitos internos psicológicos e de como é que estes conflitos intrapsíquicos podem desencadear ansiedade e outras emoções dolorosas/desagradáveis;

  • desenvolver consciência dos próprios mecanismos de defesa; 

  • desenvolver a capacidade de se acalmar a si próprio(a) ao estar com ansiedade/stresse/angústia;

  • desenvolver uma imagem mental dos outros estável, equilibrada e precisa, mesmo na sua ausência;

  • desenvolver a capacidade para criar e manter limites apropriados nas relações;

  • fazer a transição de uma perspectiva de negatividade/auto-crítica/frustração para um foco em maior positividade/auto-aceitação/sentimentos amorosos;

  • desenvolver a capacidade de aceitar e tolerar sentimentos de necessidade/dependência nos relacionamentos em vez de atacar ou evitar estes sentimentos;

  • processar/fazer o luto do dano que pode resultar de pais negligentes ou abusivos;

  • aprender a como tolerar e gerir desequilíbrios (desiquilíbrios de poder) nos relacionamentos;

  • processar e tolerar a perda e o fim de determinados relacionamentos.

Muitos dos benefícios da psicoterapia ocorrem através da experiência das qualidades únicas da relação terapêutica (relação entre paciente e terapeuta).

Contacte-nos: 91 868 0799

(segunda a sexta-feira das 09h às 20h; sábado das 09h às 13h)